Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

09 Setembro de 2020 | 16h59 - Actualizado em 09 Setembro de 2020 | 16h59

Governo ressalta aposta na captação de investimentos para o turismo

Huambo - O governo provincial do Huambo continua a trabalhar na criação de condições para a atração de novos investimentos dirigidos ao sector turístico, tendo em conta a sua importância para o desenvolvimento economico e social da região.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Este facto foi referido esta quarta-feira, na região, pelo director do gabinete provincial da Cultura, Turismo e Juventude e Desporto do Huambo, Jeremias Piedade Chissanga, quando falava numa palestera no quadro das jornada comemorativa do Dia Internacional do Turismo, a assinalar-se no próximo dia 27.

O responsável ressaltou o facto de a província do Huambo possuir um potencial turísticos composto por 158 locais, caracterizados por monumentos históricos, culturais, religiosas e arquitetura funerária, que na sua maioria carecem de investimentos para a sua devida exploração.

Com maiores investimentos, acrescentou, estes poderiam contribuir no desenvolvimento social e económico, através da criação de novos postos de trabalho e arrecadação de receitas para os cofres do Estado.

Referiu que a falta de movimentos deve-se a não existência de estruturas atrativas, como as vias de acesso em condições de circulação e organização dos próprios locais.

Por esta razão, informou que o governo da província, através das administrações municipais, criou uma política de reabilitação das vias de acesso aos locais e da sua catalogação e organização, no quadro da criação de condições para que os investidores sintam-se atraídos em apostar no sector.

Por sua vez, o docente universitário e doutorando em Economia Turística, Elias Chilembo, que dissertava o tema “A importância do turismo em tempo da covid-19”, reconheceu igualmente as potencialidades turísticas da província, tendo por isso defendido a necessidade da criação de condições para alavancar o sector.

No seu entender, o turismo é uma área transversal, que para o seu desenvolvimento exige-se o envolvimento dos demais sectores, com destaque para os órgãos de comunicação social, através da divulgação das potencialidades existentes em cada região.

Ainda para  o prelector é possível, em tempo da covid-19, promover o turismo, desde que se criem as condições de biossegurança e de prevenção da propagação da doença.

O sector do turismo da província conta ainda com 252 unidades hoteleiras, que prestam serviços de alojamento e restauração, com uma capacidade de mil e 602 quartos e um total de duas mil e 33 camas.

Por causa da covid-19 a capacidade de ocupação baixou cerca de 50 por centos, um registo em média de 300 a 350 turistas por dia.

Dia Mundial do Turismo celebra-se anualmente a 27 de Setembro, com o objectivo de mostrar a importância do turismo e do seu valor cultural, económico, político e social, através de iniciativas realizadas em vários países do mundo.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 01/02/2020 20:53:09

    Responsável manifesta abertura ao investimento privado

    Huambo - O director do Gabinete da Cultura, Turismo e Juventude e Desportos no Huambo, Jeremias Piedade, realçou este sábado, na região, a abertura da mesma aos empresários nacionais e estrangeiros que queiram investir no potencial turístico local.

  • 24/08/2019 12:27:02

    IDF prepara mais de oito mil árvores para plantação na época chuvosa

    Huambo - Oito mil e 600 árvores diversas, entre eucalipto, pinheiro, cedro e casuarina, estão disponíveis nos viveiros do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) da província do Huambo, para serem plantadas na época chuvosa.

  • 01/08/2019 10:19:09

    Autoridades do Londuimbali apostam no fomento turístico

    Huambo - A reabilitação das vias de acesso ao Morro do Moco, o ponto mais alto do país, com dois mil e 620 metros, bem como a implementação, neste mesmo local, de vários equipamentos sociais para torná-lo mais atractivo, figuram entre as principais acções da administração municipal do Londuimbali, âmbito do Programa Integrado de Desenvolvimento dos Município (PIIM).