Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Dezembro de 2019 | 00h07 - Actualizado em 13 Dezembro de 2019 | 22h49

Resenha Social: Início das inscrições para saúde destaque da semana

Luanda - O início da fase das inscrições para a admissão de sete mil quadros na saúde constitui destaque da semana que hoje, sábado, termina.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Estão disponíveis para esta fase do processo que vai até ao dia 07 de Janeiro de 2020, mil e 242  vagas na carreira médica, duas mil e 757 em  enfermagem, mil e 691 para técnicos de diagnóstico e terapeuta, 779 ao apoio hospitalar e 531 ao regime geral.

Ainda no capítulo da saúde, marcou a semana o lançamento da campanha de vacinação contra a pólio que terá lugar, nos dias 13,14 e 15, em oito províncias, com a previsão de se imunizar dois milhões de crianças menores de cinco anos.

O secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Europeu, explicou que neste momento, está a se praticar a chamada tipologia 2, pois dos três tipos de pólio existente o país  já erradicou o tipo 1 e 3.

O início do processo de recadastramento e prova de vida dos antigos combatentes e veteranos da Pátria mereceu, igualmente, destaque noticioso ao longo da semana.

A previsão é o recadastramento de pelo menos 162 mil assistidos, que actualmente constam da base de dados.

Ao longo da semana, mereceu também destaque a divulgação do relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) 2019, que coloca Angola no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,574, mantendo-se assim a sua permanência na categoria de “desenvolvimento médio”.

No documento de 2018, a média de Angola era de 0,581, posicionando-se em 149 dos 189 países e territórios considerados, colocando o país abaixo da média de 0,634 para o grupo de desenvolvimento humano médio. 

No capítulo educativo destacou-se a realização da Feira Nacional do Ensino Técnico-Profissional (FENATEC), que decorreu sob o lema “Construir o Futuro Olhando para a Formação Técnico do Presente".

A feira, promovida pelo Ministério da Educação, contou com a exposição de mais de 50 projectos nas áreas de electricidade, electrónica, telecomunicações, saúde, mecânica, construção civil, dentre outros.

O 3º Espaço Pan-Africano de Educação Matemática (PAMES 2019), destacou-se, igualmente, ao longo da semana finda.

O evento decorreu sob o lema “O desenvolvimento profissional dos professores de Matemática em África”, sob a égide da União Africana.

A midia fez ainda manchete com a assinatura, entre a Universidade Agostinho Neto (UAN), a Universidade Nacional da Coreia do Sul e a União Africana de Matemática,  de um convénio destinado à troca de experiência entre professores de matemática, superação e metodologias de educação.

O acordo, rubricado no âmbito do terceiro Encontro Pan-Africano de Matemática.

Mereceu ainda destaque, a assinatura de um acordo entre universidades angolanas José Eduardo dos Santos, Katyavala Bwila e a Universidade Nova de Lisboa.

A ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Sambo, recordou que, desde Novembro deste ano, existe um plano de acção assinado entre o Governo de Angola e de Portugal, que “constitui um vasto leque de oportunidades para melhorar a formação do ensino superior no país”.

Assuntos Angola  

Leia também
  • 13/12/2019 15:10:05

    Sistema Nacional de Formação com 998 unidades formativas

    Luanda - O Sistema de Nacional de Formação Profissional conta, actualmente, com 998 unidades formativas, anunciou, nesta sexta-feira, em Luanda, o ministro da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, Jesus Maiato.

  • 13/12/2019 12:48:32

    Responsável da defesa reitera apoio contínuo às crianças

    Luanda - O secretário de Estado para a Defesa Nacional, almirante José Maria de Lima, reiterou, nesta sexta-feira, em Luanda, o contínuo apoio às crianças, como forma de se garantir, promover o bem-estar e assegurar que haja famílias bem estruturadas.

  • 11/12/2019 21:14:57

    Japão realiza estudo para reforçar energia no Sul de Angola

    Luanda- O Japão, no âmbito do intercâmbio com Angola, está a realizar, desde Novembro, um estudo de confirmação de segurança, para viabilizar o financiamento do projecto de reforço do sistema de transporte de energia no Sul do país, previsto para 2021.