Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Novembro de 2017 | 18h17 - Actualizado em 07 Novembro de 2017 | 18h42

Angola: UNITEL e USAID assinam memorando para combate da malária

Luanda - Um memorando de entendimento para prevenção e combate da malária em Angola foi assinado hoje (terça-feira), em Luanda, entre a Agência americana para o Desenvolvimento Internacional (USAID) e a empresa angolana de telefonia móvel Unitel.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Doentes numa enfermaria (Arquivo)

Foto: Lucas Neto

Segundo o memorando assinado pelo director geral da Unitel, Antony Dolton, e pelo representante da USAID, Derrick Brown, a operadora angolana vai suportar em comunicação (SMS, IVR, voz e dados) para campanha nacional de distribuição de  mosquiteiros.

O documento prevê também que a Unitel apoie a USAID na transição para a digitalização dos dados estatísticos relacionados com a malária em Angola.

O director da Unitel disse que formalizou esta parceria no âmbito da sua política de responsabilidade social nas áreas da saúde, educação e desporto.

Por sua vez, o representante da USAID frisou que esta parceria visa aumentar a disponibilidade e a utilização de mosquiteiros tratados com inseticida e a informação referente a malária em Angola.

Acrescentou que a USAID vai explorar os serviços da telecomunicação da Unitel, por forma a disponibilizar a informação sobre a malária aos seus clientes por Angola fora, através da melhoria e da conectividade a mais angolanos e terão acesso grátis as mensagens, para mudança de comportamentos, promovendo a utilização de mosquiteiros.

Explicou que irá igualmente agilizar a transição do sistema de saúde angolano manuscrito para um sistema de formato eletrónico.

Por outro lado, a Unitel assinou na mesma cerimónia um protocolo com a Associação Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo, para incentivar o progresso das condições de aprendizagens e formação das gerações mais jovens e vulneráveis.

O protocolo foi assinado pelo director da Unitel e pela representante da ADPP, Rikke Viholm, no qual sublinhou que esta acção estará virada para as províncias do Huambo e Luanda.

Assuntos Protocolo   Sociedade  

Leia também
  • 05/02/2019 16:06:23

    Militar das FAA morto a tiro na Matala

    Matala - Um militar das Forças Armadas Angolanas (FAA), de 37 de anos de idade, afecto ao Batalhão de Logística, foi morto a tiro, domingo (3), por meliantes ainda não identificados, no bairro Calumbiro, no município da Matala, província da Huíla.

  • 04/02/2019 22:16:51

    Associação planta mais de 600 árvores na Banga

    Banga - Pelo menos 650 espécies de árvores ornamentais e fruteiras foram plantadas esta segunda-feira, na vila da Banga, sede do município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, numa acção da associação dos naturais e amigos da localidade, Anabanga.

  • 04/02/2019 17:52:09

    Serviços de saúde mais próximo dos habitantes de Ngola Luije

    Malanje - Um centro de saúde, com serviços de pediatria, medicina, pré-natal e parto, foi inaugurado hoje (segunda-feira), na comuna de Ngola Luije, município de Malanje, visando aproximar os serviços sanitários à população.

  • 04/02/2019 17:52:03

    Município do Huambo ganha equipamentos sociais

    Chipipa - Uma escola e um sistema de rega foram inaugurados hoje, segunda-feira, no município do Huambo, província com o mesmo nome, no quadro das comemorações do 58º aniversário do início da Luta de Libertação Nacional.