Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

20 Setembro de 2019 | 12h11 - Actualizado em 20 Setembro de 2019 | 14h36

Presidente do Bloco Democrático renuncia ao cargo

Luanda - O presidente do Bloco Democrático (BD), Justino Pinto de Andrade, renunciou hoje (sexta-feira), ao cargo, por já "ter" cumprido o seu papel na política.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Participantes à Reunião do Bloco Democrático

Foto: Cortesia de Oscar Silva

Mesa de Presidium da Reunião do Bloco Democrático

Foto: Cortesia de Oscar Silva

Disse que depois de ter cumprido um mandato e por concluir um segundo na presidência do Bloco Democrático, além de ter participar na luta de libertação nacional, "é chegada a hora de abandonar o cargo"

O anúncio foi feito na abertura da 2ª Reunião Ordinária da Comissão Política dessa formação  partidária, que decorre na capital angolana, Luanda.

De acordo com Justino Pinto de Andrade, o país está a viver um outro ciclo político, iniciado com as mudanças na direcção do MPLA (partido no poder) e que se preveêm prosseguir na UNITA (maior partido na oposição), durante o seu congresso, agendado para este ano.

Considerou desajustado, na sua forma de estar na política, eternizar-se no cargo de presidente do BD, afirmando que a sua condição no futuro será de militante de base, apesar de não abandonar a função de deputado, para a qual foi eleito em 2017.

 O  Bloco Democrático  está registado no Tribunal Constitucional desde 20 de Outubro de 2010 e integra a Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE).

As suas linhas programáticas  estão  baseadas na defesa  da democracia  e da justiça  social, sendo seu  objectivo  principal “fazer  de Angola uma  potência económica  de dimensão atlântica  para enriquecer os angolanos”.

Assuntos Angola   Política  

Leia também
  • 20/09/2019 14:55:29

    Acreditado embaixador angolano no Reino da Suécia

    Estocolmo - O diplomata Apolinário Correia apresentou, quinta-feira, em Estocolmo, as suas cartas credenciais ao Rei Carl XVI Gustaf, que o acreditam como Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário de Angola no Reino da Suécia.

  • 20/09/2019 13:32:02

    Angola aponta dificuldades no repatriamento de refugiados

    Dundo - O ministro da Defesa, Salviano Cerqueira, afirmou nesta sexta-feira, no Dundo, Lunda Norte, que o repatriamento voluntário e espontâneo dos 14 mil e 724 refugiados para a República Democrática do Congo (RDC) foi uma tarefa "bastante complicada", tendo em conta os poucos recursos materiais e financeiros disponíveis.

  • 20/09/2019 13:04:38

    PR exige determinação ao novo Procurador-Geral militar

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, exigiu nesta sexta-feira ao novo Vice-Procurador-Geral da República para a Esfera Militar, general Filomeno Octávio da Conceição Benedito, firmeza, coragem e lealdade à justiça no combate à corrupção e outros males danosos à sociedade.

  • 20/09/2019 12:51:56

    Autoridades apreendem 35 mil quilates de diamantes

    Luanda - Pelo menos 35 mil quilates de diamantes foram apreendidos pelas autoridades angolanas, durante a "Operação Transparência" que vigora desde Setembro de 2018.