Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Educação

22 Janeiro de 2020 | 23h32 - Actualizado em 22 Janeiro de 2020 | 23h32

ADPP forma mais de 90 professores em Catabola

Cuito - Noventa e seis professores de ensino primário terminaram hoje (quarta-feira), em Catabola (Bié), uma formação de técnicos médios, numa iniciativa da ONG Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Durante três anos os formandos foram munidos de matérias ligadas ao ensino da língua portuguesa, matemática, filosofia, ciências de natureza, história, geografia, pedagogia, gestão escolar, estudo e planificação, aulas práticas, segundo o seu director, Joaquim Golis Félix.

Já a represente nacional da ADPP, Delfina Alberto, reconheceu que os recém-formados, 50 homens e  46 mulheres, possuem um profundo conhecimento da realidade do país.

Numa mensagem lida por uma formanda, Inês Salomão, foi realçado o facto de os novos professores manifestarem o seu compromisso com a causa do desenvolvimento do povo angolano, em apoiar o sistema educativo no meio rural.

Por seu turno, o vice-governador do Bié para área Política, Social e Económico, António Manuel, sublinhou que para o Governo da província é motivo de orgulho e satisfação, porque ganha-se novos professores que poderão actuar com o seu saber no meio rural.

António Manuel considera a educação um “grande pilar” da sociedade e qualquer país que não aposta nela, não se desenvolve, porque nela existe a produção de conhecimento para inovar para o seu desenvolvimento.

A ADPP executa no país projectos voltados para a Educação, Saúde, Agricultura e Desenvolvimento Comunitário, tendo como raio de acção preferido a zona rural, beneficiando crianças, mulheres e idosos em condições de vulnerabilidade.

A Escola de Magistério da ADPP em Catabola (Bié) já formou, desde a sua existência nessa circunscrição, em 2006, cerca de mil professores do ensino primário, maior parte dos quais já dão o seu contributo nas comunidades.

 A par do Bié, a ADPP conta com escolas do género nas províncias do Bengo, Cabinda, Malange, Huambo, Uíge, Cuanza Sul, Cuanza Norte e Zaire, tendo iniciado as suas actividades no país em 1986.

Conta com o apoio institucional de departamentos ministeriais como os da Educação, Família e Promoção da Mulher, da Agricultura e do Desenvolvimento Rural.

Leia também
  • 21/01/2020 04:54:00

    Zaire: Mais de 100 formadores das ZIP em seminário

    Mbanza Kongo - Cento e 36 professores provenientes das províncias do Zaire, Bengo e Uíge, participam desde segunda-feira, em Mbanza Kongo, na segunda etapa da formação de formadores das Zonas de Influências Pedagógicas (ZIP), no âmbito do Programa de Aprendizagem (PAT), implemantado pelo Ministério da Educação.

  • 08/01/2020 15:45:37

    Professores em seminário sobre educação inclusiva

    Cuito - Cento e dez professores das províncias do Bié, Huambo, Benguela, Luanda, Namibe e Huíla participam desde hoje (quarta-feira), na cidade do Cuito, num seminário de capacitação sobre a "Educação inclusiva", promovido pelo grupo educacional privado Chamuanga.

  • 03/01/2020 14:01:25

    Gestão Informática domina opção dos candidatos

    Ondjiva - O curso de gestão informática dominou a escolha dos candidatos as inscrições para o exame de acesso ao Instituto Superior Politécnico, na província do Cunene, para preencher as 325 vagas disponíveis neste ano, mais 30 em relação a 2019.