Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Economia

10 Outubro de 2019 | 13h53 - Actualizado em 10 Outubro de 2019 | 13h53

Fazenda Sacassange reabre com produção de ovos

Luena - O projecto agro-pecuário de Sacassange, 15 quilómetros a sul da cidade do Luena, província do Moxico, reabre nos próximos dias, com a produção de ovos, após de 17 meses de paralisação, por falta de financiamento, revelou hoje o director do gabinete provincial da Agricultura e Pesca, António da Silva.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Director do Gabinete Provincial de Agricultura e Pesca, António da Silva

Foto: kinda kyungu

António da Silva avançou esta informação durante a 2ª  reunião extraordinária do governo do Moxico, orientada pelo seu governador, Gonçalves Muandumba.

O também engenheiro agrónomo explicou que a gestão da fazenda estará a cargo de uma empresa angolana “Gapil”, que cumpriu com os procedimentos do concurso público promovido para o efeito.

Adiantou que o empreendimento vai reiniciar com o repovoamento de treze mil aves agrupadas nas três naves existentes no local, e após um ano de reprodução aumentará para 30 mil aves.

Sem avançar a quantidade de ovos a serem produzidos por dia, o responsável considerou satisfatória a capacidade inicial, pois poderá corresponder com a procura que se regista na região.

Criada em 2012, a fazenda agrícola de Sacassange, que contava com 12 mil aves, já chegou a produzir 18 milhões de ovos, com uma capacidade de produção de nove mil ovos/dia.

Antes de encerrar as portas, em Março de 2017, a empresa possuía quatro naves, sendo uma para a criação de pintos e três de produção de ovos.

O projecto fabricava igualmente ração animal, com uma média diária de 10 toneladas e 54 mensal, respondendo, na altura, à capacidade de consumo e das solicitações que o projecto recebia.

Erguida numa área de 12 mil hectares de terra, a Fazenda tem a capacidade para produzir diversas culturas como cebola, repolho, milho, couve, pepino, morango, beterraba, entre outros produtos agrícolas.

No encontro, o director local do gabinete de Desenvolvimento Integrado, Guimarães Pinto Luís, disse que a província começou a catalogar os jovens interessados no processo de formação no âmbito da implementação do Plano de Acção e Promoção de Empregabilidade.

Esclareceu que os formandos beneficiarão kits de auto-emprego, enquanto os jovens, que já possuem um negócio, serão municiados com micro-crédito.

A reunião extraordinária abordou por outro lado, o andamento do concurso público da educação, situação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e dos procedimentos para a venda dos autocarros em posse do Gabinete provincial dos transportes público.

Leia também
  • 10/10/2019 13:19:38

    Indústria de rações animal quadruplica produção

    Luanda - A indústria de rações “Nutrivet-nutrição e veterinária” vai aumntar a sua produção, no primeiro trimestre de 2020, de quatro patas 16 toneladas, revelou hoje à Angop a gerente Susana Carbó.

  • 10/10/2019 10:26:53

    Finanças quer respostas rápidas à especulação de preços

    Sumbe - O chefe de Secção de Legislação e Fiscalização da Repartição das Finanças no Wacu Cungo, província do Cuanza Sul, Edson Bento, defendeu, nesta quarta-feira, celeridade no combate à especulação de preços com vista a manter a obrigatoriedade do regime de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) apenas aos agentes registados para tal.

  • 09/10/2019 19:49:19

    MPLA recomenda governo accionar medidas de fiscalização

    Malanje - O Secretariado da Comissão Executiva do Comité Provincial do MPLA recomendou ao governo de Malanje que sejam criados e accionados mecanismos de controlo e fiscalização dos preços dos produtos da cesta básica, com vista a repor o poder de compra dos cidadãos.