Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Turismo

04 Novembro de 2019 | 17h05 - Actualizado em 04 Novembro de 2019 | 17h03

Miradouro da Lua volta a atrair turistas

Luanda - Centenas de turistas, angolanos e estrangeiros, afluem todos os dias ao Miradouro da Lua, no distrito dos Ramiros, município de Belas, em Luanda, depois de ter sido reabilitada este ano.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Miradouro da - Lua

Foto: foto- AIB Kostadin

O Miradouro da Lua é um ponto turístico de paragem obrigatória para quem se dirige de Luanda à Barra do Kwanza ou às praias do Cabo Ledo.

Até ao princípio de 2019, o local encontrava-se em avançado estado de degradação e abandono, devido a uma ravina que avançava para o centro do espaço e as grandes quantidades de lixo doméstico depositados no local.

Em ronda feita no local, a Angop constatou que a ravina foi fechada e no local foram instaladas zonas circulares de proteção, onde o turista, sem perigo, pode observar a paisagem.

Em 2018, durante uma visita efectuada a sul de Luanda, a ministra da Hotelaria e Turismo, Ângela Bragança, pediu a interdição do Miradouro da Lua, por apresentar avançados sinais de degradação.

No local, alguns turistas disseram que o Miradouro da Lua é um local de paragem obrigatória, para fazer fotografias e apreciar a vista deslumbrante que faz lembrar a paisagem lunar.  

Apesar da reabilitação, o ambientalista Carlos Alberto de Almeida afirma ser importante reter que a vegetação é importante para ajudar a manter a firmeza do solo.

Já a faixa de rodagem da mesma estrada, que dá acesso a foz do Rio Kwanza e a Cabo Ledo, encontra-se em avançado estado de degradação.

Com cerca de cinco quilômetros, a estrada encontra-se completamente esburacada e quase sem asfalto, tornando a viagem penosa, constatou a Angop.

O funcionário de um resort nas imediações, Manoel Figueiredo, apontou o mau estado da estrada como um dos principais factores que condiciona a frequência de visitantes ao local, com diversidade da fauna e flora e onde se verifica o encontro entre as águas do rio e mar.

O turista Mendes de Almeida, de nacionalidade portuguesa, é de opinião que o investimento público-privado é necessário.

Acrescentou que a falta de investimentos inibe até certo ponto as visitas e a rentabilização das áreas turísticas, apesar dos reiterados apelos do Governo ao empresariado nacional e internacional.

Localizado a 40 quilómetros a sul do centro da cidade de Luanda, o Miradouro da Lua foi eleita, em 2015, uma das sete maravilhas naturais de Angola.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 17/01/2019 14:43:26

    Turismo prevê melhor rentabilidade de restaurantes na Ilha

    Luanda - O Ministério do Turismo vai, nos próximos dias, encetar encontros com diferentes parceiros que influenciam no custo final dos produtos praticados pelos restaurantes na Ilha do Cabo, em Luanda, visando elevar o fluxo de clientes e minorar reclamações sobre os preços altos.

  • 27/12/2018 12:17:08

    Administração convida investidores para turismo e agropecuária

    Luanda - O administrador municipal de Cacuaco, Augusto José, convidou os empresários a investirem nos sectores turístico e agropecuário, de modos a criar postos de trabalho para os munícipes.

  • 20/09/2018 23:41:38

    Crianças de Viana regozijadas pelo contacto com a obra de Neto

    Luanda - Cento e Cinquenta crianças do município de Viana, em Luanda, manifestaram-se regozijadas pela excursão turística de comboio realizada hoje nas instalações do Centro Cultural "Drº António Agostinho Neto", localizadas na vila de Catete (Icolo e Bengo).