Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

07 Fevereiro de 2019 | 12h23 - Actualizado em 07 Fevereiro de 2019 | 12h23

Excesso de velocidade origina capotamento em Cacuaco

Luanda - Uma viatura que exercia o serviço de táxi capotou hoje, quinta-feira, no distrito do Kicolo, município de Cacuaco, tendo causado sete feridos, um em estado grave.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A Angop soube de fonte afecta a Unidade de Trânsito de Luanda, que o capotamento que ocorreu no troço entre o Balumuca e o Mercado do Kicolo, foi causado por excesso de velocidade.

O acidente, segundo a fonte, foi também causado pelo mau estado da viatura e a não observância das regras de trânsito.

Os feridos, com idades entre os 24 e 57 anos, eram passageiros e recebem assistência médica no hospital municipal de Cacuaco, enquanto o motorista saiu ileso e colocou-se em fuga.

Leia também
  • 02/02/2019 13:06:34

    Chuva alaga ruas e mais de 700 residências em Luanda

    Luanda - Setecentas e 11 residências inundadas, algumas escolas, centros e postos médicos alagados, assim como ruas intransitáveis, mas sem o registo de vítimas humanas, são o resultado da chuva que caiu durante sete horas na sexta-feira (1), na província de Luanda, segundo dados provisórios divulgados hoje, sábado.

  • 01/02/2019 23:36:45

    Deputados da UNITA sugerem aumento dos postos de identificação

    Luanda - Deputados do grupo parlamentar da Unita manifestaram-se preocupados, face as enchentes que se registam nos postos de Identificação Civil e Criminal no município de Viana, em Luanda, e sugerem o aumento de mais serviços para se atenuar a demanda.

  • 31/01/2019 13:37:17

    Maior parte dos incêndios é causado por negligência

    Luanda - Cinquenta e um incêndios dos 72 registados, em Luanda, durante o mês de Janeiro deste ano, foram provocados por negligência, menos cinco em relação ao mesmo período de 2018.