Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

22 Julho de 2017 | 00h12 - Actualizado em 22 Julho de 2017 | 00h11

Huambo: Deficientes físicos marcham exigindo respeito dos seus direitos

Huambo - Deficientes físicos marcharam, sexta-feira, na cidade do Huambo, exigindo respeito pelos seus direitos plasmados na lei 21/12, de 30 de Julho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

No final, o presidente da Liga de Apoio a Integração dos Deficientes, Luís Quintas Xavier, disse, à Angop, que a marcha decorreu de forma ordeira e cívica, para chamar a atenção da sociedade.

Informou que a lei 21/12, de 30 de Julho, aprovada pela Assembleia Nacional, consta do interesse do Estado em defender os direitos e interesse das pessoas com deficiência, mas que não tem sido respeitada.

“Esperamos a aplicação desta mesma lei, sobretudo no acesso ao primeiro emprego, em instituições públicas”, manifestou.

Luís Quintas Xavier defendeu a necessidade de haver uma acessibilidade das pessoas com deficiência aos espaços públicos, lamentando a situação que se observa na cidade do Huambo, onde, segundo ele, a requalificação dos passeios não está em conformidade com a lei 21/12, de 30 de Junho.

“Chamamos a atenção da sociedade civil a respeitar o instrumento jurídico aprovado pelo Estado angolano e o mesmo possa contribuir na satisfação dos direitos e interesse das pessoas com deficiência, uma obrigação do governo que vier a sair das eleições de 23 de Agosto de 2017”, disse.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também