Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

15 Novembro de 2017 | 01h05 - Actualizado em 15 Novembro de 2017 | 01h07

Moxico: Imunizadas mais de 17 mil pessoas contra febre-amarela em Luacano

Luacano - Dezassete mil e 663 pessoas foram imunizadas contra a febre-amarela, no município de Luacano, província do Moxico, no período de 04 a 12 de Novembro, informou (terça-feira) o chefe de estatística da repartição municipal da Saúde no Luacano, Guilherme Henda Saicunho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Moxico: Imunizadas mais de 17 mil pessoas contra a febre-amarela em Luacano

Foto: Diniz Simão

Em declarações à Angop, a fonte explicou  que sete equipas, compostas por vacinadores, preparadores, mobilizadores e registadores, asseguraram a campanha de vacinação.

Informou que foram vacinadas crianças dos nove meses e adultos até 60 anos de idade, cuja actividade, apesar do mau estado de conservação das vias de acesso, atingiu o objectivo preconizado.

Guilherme Saicunho apelou os  munícipes  que ainda não foram imunizadas, a se dirigirem aos postos de saúde mais próximos para o efeito, garantindo a existência de doses de reserva.

Localizado a 217 quilómetros a leste da cidade do Luena, o município do Luacano tem uma população estimada em  20 mil e 755 habitantes (Censo/2014), dedicando-se, na sua maioria, à agricultura e à pesca.

Assuntos Província » Moxico   Saúde  

Leia também
  • 08/11/2018 18:03:46

    Sessenta crianças morrem de má nutrição no Cunene

    Ondjiva - Sessenta crianças, de zero aos cinco anos de idade, morreram de má nutrição severa e aguda moderada, de um total de 3.978 casos registados no decurso dos últimos nove meses em diferentes unidades sanitárias da província do Cunene.

  • 08/11/2018 12:30:02

    Médicos militares analisam prevenção de doenças

    Luanda - Médicos militares estão reunidos, desde hoje, quinta-feira, na XI jornadas médicas para analisar como prevenir a proliferação das doenças, sobretudo as mais perigosas do ponto de vista médico-sanitário destacando-se o VIH/Sida, a malária , tuberculose e a hipertensão.

  • 05/11/2018 17:47:56

    Reduzem casos de sida em Muconda

    Saurimo - Oito novos casos de infecção pelo vírus do VIH/Sida foram diagnosticados, de Janeiro até a presente data, do ano em curso, no município do Muconda (Lunda Sul), menos quatro em relação a igual período de 2017.

  • 05/11/2018 12:12:36

    País conta com 33 mil parteiras tradicionais

    Luanda - Trinta e três mil parteiras tradicionais prestam serviços em todo país na realização de partos dentro das comunidades, coadjuvando assim na redução da mortalidade materna e infantil.