Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

13 Novembro de 2017 | 19h18 - Actualizado em 13 Novembro de 2017 | 19h22

Mais de trezentas pessoas no Luacano com problemas respiratórios

Luacano - Trezentos e 28 casos de doença respiratória aguda foram registados, em Outubro último, contra 189 do mês anterior, no hospital municipal do Luacano, província do Moxico, fez saber hoje (segunda-feira) o chefe de estatiistica da Repartição Municipal da Saúde, Gulherme Henda Saicunho.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

ENFERMEIROS OBSERVAM DOENTES (Arquivo)

Foto: ANGOP

Hospital municipal do Luacano

Foto: Angop

Ao falar à Angop, a fonte explicou que os casos da patologia foram diagnosticados em dois mil e 181 pacientes que ocorreram aos serviços de consultas externas daquela unidade hospitalar.

No período em análise, acrescentou, a instituição humanitária registou 272 casos de malária, 262 de doenças diarréicas agudas, 261 de cólicas abdominais, 222 de lombalgia, 204 de cefaleia, 143 de gastrites, 94 de hipertensão arterial e 24 de sarna.   

Guilherme Saicunho indicou que, no mesmo período, o hospital municipal internou 35 pacientes, incluindo do mês anterior, dos quais 24 receberam alta, por melhoria, e um faleceu, vítima de doença diarréica aguda.

Enquanto isso, o Centro Materno Infantil atendeu 115 pacientes nas consultas externas, tendo diagnosticado 19 casos de malária, 18 de cefaleia, 12 de gastrite, 08 de cólicas abdominais, 05 de hipertensão arterial, 04 de lombalgia e dois de doenças diarréicas agudas, bem como realizou 60 partos, registando um nado-morto e quatro ameaças de aborto.

Assuntos Província » Moxico   Saúde  

Leia também
  • 16/11/2017 12:38:58

    Isenção de medicamentos para diabéticos é uma mais-valia

    Luanda - A isenção da taxa de medicamentos, sobretudo de diabetes, por parte do governo de Angola é uma mais-valia para a associação e os membros que há muito esperavam por esta medida considerou hoje, quinta-feira, em Luanda, a Presidente da ASDA (Associação das Diabéticos de Angola), Filomena Quiosa.

  • 16/11/2017 11:54:11

    Angola na conferência mundial da OMS

    Luanda - Angola participa de hoje, quinta-feira, a sexta-feira (dia 17) na primeira Conferência ministerial da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a Tuberculose, que decorre em Moscovo (Rússia).

  • 15/11/2017 15:33:10

    Hospital Regional de Malanje regista ruptura de medicamentos

    Malanje - O Hospital Regional de Malanje regista, nos últimos tempos, ruptura no estoque de medicamentos e de meios gastáveis, situação que tem forçado os familiares dos pacientes a comparticipar na aquisição desses meios, para permitir a devida assistência médica e medicamentosa aos cidadãos, fez saber, hoje (quarta-feira), na cidade de Malanje, o director-geral da instituição sanitária, Isaac Savumbi.

  • 15/11/2017 01:05:19

    Moxico: Imunizadas mais de 17 mil pessoas contra febre-amarela em Luacano

    Luacano - Dezassete mil e 663 pessoas foram imunizadas contra a febre-amarela, no município de Luacano, província do Moxico, no período de 04 a 12 de Novembro, informou (terça-feira) o chefe de estatística da repartição municipal da Saúde no Luacano, Guilherme Henda Saicunho.