Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

13 Agosto de 2020 | 13h16 - Actualizado em 13 Agosto de 2020 | 13h16

Embaixada na África do Sul lamenta morte de Luís de Almeida

Luanda - A Embaixada de Angola na África do Sul lamentou esta quinta-feira a morte do nacionalista e embaixador de carreira, Luís de Almeida, ocorrida quarta-feira, em Luanda, aos 87 anos, vítima de doença.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em nota, a representação diplomática refere que Luís de Almeida tinha uma “extraordinária capacidade de enfrentar desafios e cultivar virtudes”.

No documento, a Embaixada de Angola na África do Sul considera Luís de Almeida uma referência nacional e internacional e “portador de um acervo sobre a Luta de Libertação Nacional”

“O seu passamento físico representa um duro golpe para a diplomacia angolana”, lê-se na nota.

Por último, expressa solidariedade à família enlutada.

Assuntos Diplomacia  

Leia também
  • 12/08/2020 17:57:43

    João Lourenço na 40ª conferência de chefes de Estado da SADC

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, vai participar, a partir de Luanda, na 40 Conferência de Chefes de Estados e de Governo da SADC, a ter lugar segunda-feira.

  • 31/07/2020 14:38:04

    Angola reafirma na ONU combate ao tráfico de pessoas

    Nova Iorque - O Governo angolano reiterou quinta-feira nas Nações Unidas, em Nova Iorque, que continuará os seus esforços no sentido de criminalizar o tráfico de pessoas em todas as suas formas, inclusive para a "exploração laboral" e a "exploração sexual comercial" de crianças.

  • 29/07/2020 09:34:07

    Chefe da diplomacia destaca acordos de parceria

    Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Téte António, declarou nesta terça-feira, em Luanda, que Angola dedica atenção especial aos acordos de parceria firmados com outros países e várias organizações internacionais.