Angop - Agência de Notícias Angola Press

MINTTIC garante alimentação a orfanato em Luanda

16 Outubro de 2020 | 17h58 - Sociedade

Luanda - Um lote de bens de primeira necessidade foi entregue, esta sexta-feira, ao orfanato “Não Há Órfãos de Deus”, visando minimizar a situação alimentar e não só das 97 crianças internadas na instituição.

Dentre o produto entregue pelo ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social, Manuel Homem, destaca-se arroz, açúcar, óleo, massa alimentar, água mineral, roupa de cama, guardanapo, papel higiénico e kit de saúde para primeiros socorros.

A actividade insere-se nas comemorações do “Dia Mundial da Alimentação”, que se assinala hoje (16 de Outubro), tendo o governante reafirmado a continuidade de apoio a este orfanato, apadrinhado pelo órgão que tutela.

 “Solidariedade não é só para o natal. Nós estamos aqui em Outubro, já estivemos no início do ano, e todos os meses temos remetido ao centro as ajudas que se impõe”, referiu.

Ouvindo o “grito de socorro” da direcção do orfanato no que concerne ao espaço que vivenciou alguns litígios com o seu proprietário, o dirigente disse que o MINTTIC vai analisar a situação.

“Vamos ver como é que internamente no âmbito da responsabilidade social das empresas que o sector intervém, poderemos também participar deste processo de normalizar a questão relacionada com a casa que eles apresentaram”, disse o governante.

Por sua vez, a secretária de Estado para a Família e Promoção da Mulher, Elsa Barber, considerou ser gratificante a solidariedade no que concerne ao bem-estar e protecção da criança.

Ainda no âmbito da efeméride, o Restaurante Hungry Lion proporcionou o almoço do dia aos menores deste centro.

O orfanato “Não Há Órfãos de Deus” protege e apoia crianças órfãs e abandonadas.

O Dia Mundial da Alimentação foi criado com o intuito de, entre outros, desenvolver uma reflexão a respeito do quadro alimentar, numa acção do organismo das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), em 1945.