Angop - Agência de Notícias Angola Press

Suíça: Ministra do Ambiente na sessão do Fundo Global do Clima

19 Agosto de 2019 | 06h00 - Sociedade

Genebra - ( Do enviado especial) - A ministra do Ambiente, Paula Francisco, está na cidade de Songdo , República da Coreia do Sul, onde participa esta segunda-feira feira, na sessão do Fundo Global do Clima (GCF) sobre o programa de ambições.

Esta sessão  dá seguimento a conferência de alto nível sobre o programa global do Fundo Verde para o clima, de acordo com o documento a que Angop teve acesso, a partir de Genebra, Suíça.

Á convite do director executivo, a sessão que vai decorrer de 19 a 23 do mês em curso, vai decorrer sob o tema “ Percebendo as Ambições Climáticas”, um painel que além da ministra de Angola, será partilhado pela ministra das Economia, Finanças e Investimento de Barbados, Marsha Caddle, das Finanças da República de Bangladesh, Mustafa Kamal, do Turismo e Ambiente da Albânia, Blendi Klosi.

A sessão será realizada numa altura em  que a ciência do clima, no seu painel internacional sobre o clima deixa claro que a comunidade global deve agir com um senso de urgência e escala para garantir que o objectivo da Convenção-Quadro das Nações Unidas e seu acordo seja cumprido.

Por isso, o GCF diz ser importante o seu apoio aos países em desenvolvimento para concretizar e aumentar as suas ambições de lidar com as alterações climáticas.

Além disso, de acordo com o documento, o GCF diz que conta com o apoio de parceiros como o governo de Angola para implementar e catalisar mudanças de transformação nos países de desenvolvimento.

A cúpula de acção climática das Nações Unidas, a ser convocada pelo secretário-geral da ONU em Nova  Iorque, em 23 de Setembro, um momento importante para galvanizar a comunidade global em direcção a mais ambições de acção  climática.

Para apoiar estes esforços, o CGF está unindo líderes de financiamento climático de 100 países em desenvolvimento no nível ministerial, bem como a liderança de mais de 50 parceiros da entidade credenciada para construir planos de programação de ambições durante o primeiro período de reposição da GFC.

A participação do governo de Angola é crucial neste esforço, de acordo com o director executivo da GCF , Yannick Glemarec, citado no documento.

Referir que a  ministra do Ambiente de Angola após esta plenária do Fundo Global do Clima segue a Genebra, Suíça, onde vai presidir o Conselho de Ministros da Iniciativa de Protecção do Elefante (IPE sigla em inglês), que decorre no quadro da 18a Conferência das Partes sobre Comércio Ilegal das Espécies da Fauna e Flora Selvagem (COP18), que decorre de16 a 28 do mês em curso, no centro de Palexpo.

 Neste encontro, Angola faz- se presente por uma delegação multisectorial, incluindo quadros da Embaixada de Angola na Suíça.

.