Angop - Agência de Notícias Angola Press

Ministra encoraja diálogo e harmonia familiar

15 Maio de 2019 | 12h16 - Sociedade

Dondo - A ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina de Almeida Alves, encorajou, nesta quarta-feira, no Dondo (Cuanza Norte), o bom relacionamento familiar, para se combater as drogas, o excesso de álcool, a gravidez e os casamentos precoces.

  • Ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina de Almeida Alves

Ao intervir no acto alusivo ao 15 de Maio (Dia Internacional da Família), instou os chefes de família a educarem correctamente os filhos, para que haja uma sociedade saudável e harmoniosa.

"Se apostarmos nestas práticas, não precisaremos, no futuro, punir os violadores sexuais e outros delinquentes, nem redobrar as campanhas contra o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, drogas, violência doméstica, fuga à paternidade e à maternidade, entre outras práticas que desestabilizam a sociedade", referiu.

Para si, a família deve continuar a ser a fiel depositária da nobreza, do respeito, a promotora da paz e da concórdia, tendo, por isso, apelado ao reforço do diálogo.

Lamentou, por outro lado, a existência de muitas famílias que, ao longo dos tempos, se tornaram materialistas e imediatistas, com filhos que acabaram por se tornar maus cidadãos.

Reafirmou a aposta do seu pelouro na materialização de programas e projectos que propiciam a edificação e a estabilidade das famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade e de pobreza, o que vai contar com a parceria de todos os agentes sociais.

O acto alusivo ao 15 de Maio decorreu sob o lema "A moralização da sociedade começa na família", à margem dos trabalhos do XXII Conselho Nacional da Família, aberto esta manhã.

Em 1993, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou o dia 15 de Maio como Dia Internacional da Família.

Desde então, comemora-se este dia para chamar a atenção para questões que influenciam o dia-a-dia da Família, e para que se reconheça o papel nuclear da família na sociedade e se incentive a adopção de medidas no sentido de melhorar a sua condição.