Angop - Agência de Notícias Angola Press

Malanje: BCI solidariza-se com crianças desfavorecidas

16 Abril de 2019 | 04h40 - Sociedade

Malanje - Um donativo composto por bens alimentares, produtos higiénicos e mimos diversos foi entregue segunda-feira ao lar de acolhimento de crianças desfavorecidas "Nossa Senhora das Mercês", no bairro Maxinde, numa iniciativa do BCI (Banco de Comércio e Indústria).

A doaçaõ enquadra-se no âmbito da responsabilidade social do BCI e visa minorar as dificuldades que o lar enfrenta, por se tratar de uma instituição que sobrevive de ajudas que, em muitos casos, tardam a chegar.

De acordo com a gerente do BCI em Malanje, Josina Mateus, esta é a segunda doação que o banco faz este ano, sendo que a primeira foi em Janeiro último, em cumprimento do seu programa trimestral de entrega de bens para acudir os lares que acolhem pessoas em situação de vulnerabilidade.

Segundo a responsável, é importante que a sociedade se una e apoie os mais desfavorecidos, porque só assim se poderá colmatar as suas dificuldades diárias.

Apelou aos pais e encarregados de educação no sentido de protegerem as crianças contra todas as práticas que possam comprometer o seu crescimento sadio e harmonioso.

Por sua vez, a resposnável do lar, Mariana Guiné, agradeceu o gesto do BCI e sublinhou que, apesar das ajudas que a instituição tem recebido, ainda enfrenta inúmeras dificuldades, pelo que a doação vem numa boa altura.

Encorajou as outras instituições a replicarem o gesto do BCI, de modo a garantir melhores condições de vida às crainças necessitadas.

O lar "Nossa Senhora das Mercês" acolhe actualmente 45 crianças do sexo feminino.