Angop - Agência de Notícias Angola Press

Menor morre electrocutada por negligência de adulto

08 Novembro de 2019 | 17h36 - Sociedade

Huambo - Uma criança, com apenas um ano de vida, morreu esta semana electrocutada no mercado informal da vila municipal do Ucuma, 97 quilómetros da cidade do Huambo, por negligência de um adulto que ligou o gerador sem isolar os cabos de distribuição da corrente, soube hoje, sexta-feira, a ANGOP de fonte institucional.

Segundo uma nota de imprensa do comando provincial da Polícia Nacional, o homicídio involuntário ocorreu quando um cidadão, de 24 anos de idade, teria ligado o gerador sem observar se os cabos de distribuição estavam descarnados, onde a menor pisou e morreu de imediato.

De acordo ainda com a Polícia Nacional (PN), foram detidos 38 cidadãos, no Huambo, no decorre desta semana, suspeitos de praticar 56 crimes, com realce para este caso de homicídio involuntário de uma menor de um ano de idade, contra os 54 registados em igual período anterior.

O documento policial narra também a detenção de um cidadão, de 35 anos de idade, sob a acusação de roubo de uma viatura de marca Toyota Hilux, matricula LD-35-13-dw, ocorrido no dia seis de Novembro, do ano em curso, na via pública, no sector do cruzeiro, arredores da cidade do Huambo.

Para além da detenção de outros cidadãos por diferentes crimes, o comunicado policial diz que, durante as operações realizadas nesta semana, foram recuperadas uma arma de fogo, quatro motorizadas de diversas marcas, dois televisores plasmas, 92 quilos de liamba e outros utensílios domésticos e eléctricos.

Foram registados, ainda, segundo o comunicado, 12 acidentes de viação, mais sete em igual período anterior. Fruto destes registou-se três mortos, mais três em igual anterior.

Com uma extensão territorial de 35 mil e 771 quilómetros quadrados. Possui uma população de dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos pelos 11 municípios: Bailundo, Caála, Cachiungo, Chicala-Cholohanga, Chinjenje, Ecunha, Huambo, Londuimbali, Longonjo, Mungo e Ucuma, que fazem da terra a principal fonte de riqueza, através da agricultura familiar.