Angop - Agência de Notícias Angola Press

Ministro reitera recenseamento dos Antigos Combatentes

11 Outubro de 2018 | 10h55 - Sociedade

Menongue - O ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos "Liberdade", reiterou quarta-feira, em Menongue, que o sector que dirige vai dar uma atenção adequada ao processo de recenseamento daqueles que até ao momento não foram beneficiados, no sentido de usufruírem os seus direitos.

  • João Ernesto dos Santos, Ministro dos Antigos Combatentes

Em declarações à imprensa, o ministro explicou que o cadastramento para o efeito está a ser efectuado localmente para depois ser  encaminhamento ao Ministério de tutela.

Segundo o responsável, com as novas medidas económicas e financeiras que o Executivo tem vindo a implementar, o ministério vai iniciar com o processo de recenseamento dos veteranos da pátria, por formas a terem o acesso à protecção que a lei prevê.

Ainda assim, no Cuito Cuanavale, admitiu que o governo, por enquanto, não tem condições financeiras para aumentar a pensão de sangue solicitado a nível do país, que ultrapassa os mais de 100 mil Kwanzas, tendo em conta a crise financeira e económica que o país atravessa.

Informou que os filhos dos Antigos Combatentes receberão a pensão até aos 18 anos de idade, bem como dar sequência até aos com 25 anos que frequentam o ensino superior, por formas a garantir a sua formação académica.