Angop - Agência de Notícias Angola Press

Menongue com nova central térmica de 54 MW até Julho

17 Maio de 2018 | 04h01 - Sociedade

Menongue - O município de Menongue, capital do Cuando Cubango, vai ganhar até Julho do ano em curso, uma central térmica com a capacidade de 54 MW, anunciou quarta-feira, o ministro da energia e águas, João Baptista Borges.

  • Cuando Cubango: João Baptista Borges - Ministro da Energia e Águas
  • Cuando Cubango: Uma das Turbinas, que foi montada na nova Central em Menongue.

João Baptista Borges, que falava à imprensa no final da sua visita de trabalho a província, adiantou que no Cuando Cubango são controladas pela Empresa Pública de Electricidade (PRODEL) duas centrais térmicas: uma em Menongue com a capacidade total de 11,9 MW e outra no município do Cuito Cuanavale com a capacidade de cinco.

Segundo o responsável, a nível do município de Menongue, existe um défice no fornecimento de energia, já com a abertura da nova central térmica de 54 MW, vai permitir a extensão da rede de distribuição de energia nos arredores da cidade, que ainda carecem de ligações domiciliares.

Acrescentou, que a construção da nova central no município de Menongue, deveu-se ao crescimento populacional que a cidade tem vindo a apresentar nos últimos anos, sendo que uma central de 11,9MW, não é suficiente para suprir tais necessidades.

De acordo com o ministro, estão previstas cinco mil ligações domiciliares de energia.

Afirmou, que estão acauteladas todas as acções que visam eliminar todas as dificuldades até agora constatadas no sector de energia a nível da província, lembrando que esta em curso um conjunto de materiais consumíveis para alavancar os grupos que estão fora de serviço, na central actual de Menongue.

Durante a sua estadia de algumas horas na cidade de Menongue, João Baptista Borges, visitou o centro de captação, tratamento e transporte de água de Menongue, a Central Térmica de Menongue, bem como as obras da Central Térmica do Cuebe.

Na ocasião, o director do projecto, Ibrahim Pedro, disse que a central que teve início da sua construção no dia 23 de Janeiro do ano em curso foi avaliada em 69 milhões de Euros.

Lembrou, que nesta altura encontram-se em fase de montagem da parte electromecânica duas turbinas a gás, o sistema de combustível, a zona de média tensão, montagem dos transformadores de potência e o posto seccionamento que está sendo erguido na central.