Angop - Agência de Notícias Angola Press

Condicionada recolha de lixo na periferia de Moçâmedes

14 Maio de 2018 | 23h32 - Sociedade

Moçâmedes - A recolha do lixo na periferia da cidade de Moçâmedes está condicionada, actualmente, devido as constantes avarias dos meios rolantes como pás carregadoras , camiões basculantes, entre outros, informou à Angop, hoje, segunda-feira, o administrador municipal adjunto para os Serviços Comunitários, José Correia.

  • Lixo numa das ruas

O actual ATM dos Serviços Comunitários é composto por cinco camiões basculantes, duas pás carregadoras, três compactadores, duas retroescavadoras, na sua maioria avariados, e três tractores, dois dos quais estão ligados na recolha de resíduos sólidos e outro está apoiar os serviços de podagem das árvores e jardins.

Conta igualmente com um camião cisterna de água que apoia as comunidades da periferia, bem como na rega de jardins da cidade em caso de avaria do sistema de canalização.

Explicou que a principal dificuldade está na aquisição de peças sobressalentes para recuperar os meios rolantes, devido a falta de representantes no mercado do Namibe, afirmando estarem a lutar para recuperação rápida dos meios avariados e neutralizar os focos de lixo nos principais bairros periféricos do município.

Referiu ainda que antigamente, a administração municipal contava sempre com a iniciativa da classe empresarial, que actua no ramo de construção civil, onde a dada a altura disponibilizava os seus meios para ajudar remover o lixo, “ mas devido a crise que se faz sentir no país, tal colaboração deixou de acontecer”.

O administrador adjunto salientou que mais de 200 trabalhadores dos Serviços Comunitários, entre efectivos e eventuais se dedicam no embelezamento da cidade, saneamento básico e jardinagem.

Louvou a participação directa dos moradores na conservação e manutenção das principais avenidas e jardins adjacentes as várias ruas, dando assim uma nova imagem ao município e um ambiente mais verde e bom para se respira.