Angop - Agência de Notícias Angola Press

Governador do Cuanza Sul realça importância da formação dos militares

16 Abril de 2018 | 18h17 - Sociedade

Sumbe - O governador provincial do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, afirmou hoje, (Segunda-Feira), no Sumbe, ser imperativo a contínua formação e capacitação dos quadros de diferentes órgãos de defesa com vista a corresponderem com êxitos as tarefas a serem acometidas , fundamentalmente neste tempo de paz.

O governador fez esse pronunciamento durante abertura do 24ª curso de Defesa Nacional, onde referiu que o país tem estado a observar um grande movimento, no tocante à dinâmica de capacitação de formação de quadros nos diferentes sectores por formas a responderem com êxitos as funções a que foram confiadas, cumprindo com os pressupostos  da nossa constituição.

Informou que o curso que hoje inicia sobre a Defesa Nacional, espera que venha munir os participantes, sobretudo os jovens, com os temas agendados para esta acção formativa.

Realçou que o curso de defesa nacional tem por finalidade a valorização e o esclarecimento da população especialmente da juventude e aos membros das forças Armadas e a população  e dotar os participantes  de informações dos grandes problemas  nacionais e internacionais  com incidência no domínio  da segurança e da defesa  nacional.

 Para o director Geral do Instituto de Defesa Nacional (IDN), o Almirante José Maria de Lima, sublinhou que a defesa nacional tem por objectivo garantir a independência nacional, a integridade territorial, a liberdade e a segurança das populações contra qualquer agressão ou ameaça externa, no quadro da ordem constitucional instituído  e do direito  internacional.

Frisou que a politica de defesa nacional tem como carácter permanente e preventivo, âmbito interministerial natureza global.

A politica interministerial de defesa nacional traduz-se na integração de uma componente militar e não militar.

Esclareceu que o novo ordenamento, a politica de defesa, está virada para cumprir objectivos centrais, tais como a preparação da defesa em tempo de paz, cuja estratégia é definida no fomento  da cultura  de defesa , como condição  para surgimento da consciência de defesa sobre forma de doutrina nacional .

Para o  efeito,  o IDN tem feito diligência para estabelecer parcerias com diversos órgão de defesa , segurança e ordem pública , universidades públicas e privadas , escolas superiores de guerra, instituto superior militar, órgãos superintendência de determinados departamentos ministeriais e organizações da sociedade civil.

Durante cinco dias, os 52 participantes entre efectivos das Forças armadas e Polícia Nacional vão abordar temas relacionados com defesa nacional, numa perspectiva conceptual, relações civis e militares em regime democrático, politicas públicas e defesa nacional , a educação politica e patriótica no reforço da consciência da defesa nacional, a politica de combate ao flagelo das drogas em Angola, união africana e os principais focos em África, entre outros.