Angop - Agência de Notícias Angola Press

Mais de 200 famílias ficam desabrigadas por chuva em Cazengo

12 Abril de 2018 | 15h07 - Sociedade

Ndalatando - Duzentas e 53 famílias, correspondentes a 1.140 pessoas encontram-se desalojadas na sequência do desabamento e inundação das suas residências em consequência da forte chuva que se abateu sobre o município de Cazengo ( sede da província do Cuanza Norte) nas últimas 48 horas.

  • Forte chuva deixa mais de 200 famílias sem abrigo em Cazengo

A informação foi prestada à imprensa hoje, quinta-feira, pelo porta-voz do Comando Provincial do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, André da Costa, esclarecendo que a forte chuva que caiu sobre Cazengo, nos últims dois dias, provocou a inundação de 141 habitações e o desabamento de 112 outras, na sua maioria construídas com material precário (adobes).

Apontou os bairros Tiro aos Pratos, Posse, Valódia, Sambizanga, 11 de Novembro, Cudinhenga, Camuzunzulu, Vieta, Mequita, Kilamba Kiaxi, Che-Guevara, Banga, Ndalatando, Embondeiros, Carreira de Tiros, Xirimbimbi, Kibuangoma e Camungo, como os mais afectados.

Referiu que a pressão da água provocou igualmente, danos num dos perímetros do  traçado da linha dos caminhos-de-ferro de Luanda que passa pela cidade de Ndalatando, numa altura que já decorrem trabalhos para a reparação da via ferroviária.