Angop - Agência de Notícias Angola Press

Mais de 10 mil antigos combatentes reintegrados na função pública

06 Dezembro de 2018 | 22h53 - Sociedade

Saurimo - Dez mil e 047 antigos combatentes e veteranos da pátria foram reintegrados de Janeiro a Outubro do ano em curso na função pública, com vista a melhorar as suas condições de vida, bem como contribuírem no desenvolvimento do país, revelou nesta quinta-feira, em Saurimo, o ministro de tutela, João Liberdade.

  • Ministro dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos "Liberdade"

Quatrocentos e vinte  foram integrados no sector privado, em várias províncias do país.

Durante o período em causa, o Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria amparou 4.767 assistidos nas mais diversas unidades hospitalares e apoiou 82 assisitidos e seus familiares, com a aquisição de urnas e meios financeiros e logísticos.

Segundo o ministro, que apresentou tais dados durante a abertura do XIX Conselho Consultivo do órgão que dirige, no campo da formação técnico profissional foram formados 389 assistidos, nas várias áreas, com destaque para a agricultura, carpintaria, electricidade, pastelaria, canalização, alfaiataria, soldadura, tipografia, contabilidade geral, mecânica e informática.

As acções desenvolvidas no período em balanço permitiram apurar que a nível nacional 158 mil 279 pensionistas estão bancarizados e 9.229 não.

De acordo a programação financeira, incluindo o 13º mês, o ministério desembolsou, para os assistidos, 46.695.563. 402 Kwanzas e 42 cêntimos.

Actualmente o Ministério dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria controla 174 mil 837 assistidos e distribuídos em diversas categorias.