Angop - Agência de Notícias Angola Press

Conferência Internacional sobre Simão Toco constitui destaque das comemorações do centenário

13 Fevereiro de 2018 | 14h44 - Sociedade

Luanda - A realização da Conferência Internacional sobre a vida e obra do Profeta Simão Gonçalves Toco constitui o destaque do centenário do fundador da Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo (Tocoista).

  • Afonso Nunes - Bispo da Igreja Tocoista

Esta informação foi prestada hoje, terça-feira, pelo líder espiritual dessa congregação religiosa, bispo Afonso  Nunes,  durante uma conferência de imprensa  com vista a apresentação do programa de actividades alusivo a efeméride,  cuja peregrinação decorrerá de  17 a 25 do corrente mês.  

De acordo com o líder religioso, a peregrinação que  partirá de Luanda no próximo sábado tem como lema   “consolidação do amor, paz e concórdia entre todos os  moradores da terra”  servirá  igualmente para que a  igreja apresente os seus pontos de vista sobre  diversos temas como o  combate a corrupção em Angola, a visão de como os lideres africanos devem trabalhar para a mudança de mentalidade e contribuírem para a erradicação da pobreza.

Em relação a Conferência Internacional sobre a vida e obra do profeta Simão Toco, a realizar-se de 22 a 23 de Fevereiro serão abordados nove temas com prelectores  nacionais e estrangeiros, afirmou que a mesma visa essencialmente ser um momento de reflexão e aprendizado sobre a  vida do precursor dos ideais  independentistas no continente africano.

 No evento serão debatidos temas como  nascimento do profeta , sua ida a Kibokolo e fuga  Leopoldville em 1929,  sua  reintegração  na Missão de Kibokolo e sua viagem  à Luanda  em 1933, o regresso do  profeta Simão Toco à Angola, os complexos  momentos  vividos  desde 1974  à 1983, fora e dentro da igreja .

 Reflexão sobre o momento actual da igreja , o futuro após 100 anos do profeta Simão Toco, transferência do profeta Simão Toco para o Bembe a sua ida para o Congo Belga , actual Congo Democrático, as controvérsias entre  o profeta Simão Toco e os regimes coloniais  belga e português , constituem outros temas que  serão abordados na conferência.

 O bispo Afonso Nunes, anunciou que a ocasião servirá igualmente para apresentação e lançamento da primeira pedra do Mausoléu dedicado ao Profeta Simão Toco,  dando assim inicio a  construção da cidade santa e  posterior dignificação da circunscrição.

Questionado sobre os preparativos do evento, o líder religioso explicou que para alem dos recursos  recolhidos pela congregação contam como o apoio do Executivo angolano que  sob orientação do chefe de estado criou uma comissão de trabalho para o efeito.

 Disse contarem com um elevado número de peregrinos oriundos de diversos países africanos, europeus, asiáticos e  sul americanos,  apelando a todos os fiéis e  cidadãos em geral a participarem nessa peregrinação.

 O bispo Afonso Nunes explicou que a  actividade terá um grande pendor espiritual e educativa,  em que  se  pretende inculcar no seio dos participante  a necessidade de se trabalhar no combate a criminalidade, corrupção e na moralização da sociedade.