Angop - Agência de Notícias Angola Press

Cuanza Norte: INSS controla mais de 40 mil segurados e pensionistas

13 Outubro de 2017 | 10h21 - Sociedade

Ndalatando - Quarenta mil 969 empregados do sector público e privado encontram-se actualmente inscritos no Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) ao nível da província do Cuanza Norte, à luz dos pressupostos legais de protecção social obrigatória dos trabalhadores.

  • Cuanza Norte: Responsável dos Serviços Provincial do INSS, Alcina Manuel

A informação foi prestada à Angop hoje, sexta-feira, pela responsável dos serviços provincial do INSS, Alcina Manuel, referindo constar entre os trabalhadores cadastrados pelo sector, 37.819 segurados (trabalhadores no activo) e três mil 150 pensionistas (reformados) afectos a 1.498 instituições públicas e privadas existentes na província.

Alcina Manuel destacou a relevância da obrigatoriedade da inscrição dos trabalhadores no INSS, face os inúmeros benefícios que a medida apresenta, desde a protecção na velhice, na maternidade, em situação de invalidez, apoio à família quando registada a morte do trabalhador, entre outros.

No que refere o balanço das actividades desenvolvidas no primeiro semestre do ano em curso, a responsável indicou a recepção de 119  processos de reforma, inscrição de 84 novos trabalhadores na Segurança Social, registo de falecimento de 29 contribuintes, atribuição de subsídios de aleitamento a 20 mães trabalhadoras, apoio de quatro famílias com subsídios de funeral e atribuição de subsídios de sobrevivência a 41 famílias de  trabalhadores falecidos.

Aludiu que a instituição conta com representação em apenas dois dos 10 municípios da província: Cazengo (sede provincial) e Cambambe, mas assegurou a existência um programa central que prevê o alargamento da actividade do sector a mais regiões da província.

No âmbito da elevação da consciência jurídica dos cidadãos em relação a importância e benefícios da inscrição obrigatória na segurança social, Alcina Manuel disse que a instituição conta com um programa radiofónico emitido na emissora provincial de rádio, complementado com acções pedagógicas de palestras dirigidas a empregadores e trabalhadores.