Angop - Agência de Notícias Angola Press

Mulher detida por abandonar gémeos em casa da rival

06 Dezembro de 2017 | 18h53 - Sociedade

Ndalatando - O Comando Provincial da Polícia Nacional no Cuanza Norte procedeu hoje, quarta-feira, a apresentação de uma mulher acusada de abandonar gémeos recém-nascidos à porta da casa da rival, na sequência de uma briga com o marido.

  • Hospital Materno Infantil interna gémeos abandonados

O facto ocorreu na última terça-feira, num dos bairros periféricos da cidade de Ndalatando, onde em decorrência de uma denúncia de populares, a Polícia recolheu os recém-nascidos de apenas uma semana de vida e encaminhou-os ao Hospital Materno-Infantil, onde recebem assistência médica.

Após um trabalho de investigação foi detida a mãe dos menores de nome Maria Pedro que diz ter abandonado os filhos à porta da casa da rival, após ser vítima de espancamento por parte do esposo, alegadamente por ter solicitado dinheiro para suster algumas necessidades domésticas, sobretudo a compra de leite para os recém-nascidos.

Diz ter agora quatro filhos com o seu marido e sente-se arrependida com a atitude que protagonizou em decorrência de conselhos de amigas. Para tal, pede desculpas a sociedade e manifesta-se pronta a receber as crianças que se encontram sob assistência médica no Hospital Materno-Infantil.

Em declarações à imprensa, o médico em serviço no Hospital Manterno-Infantil de Ndalatando, Pensamento Dala, considerou o estado clínico dos menores estável após serem submetidos a reanimação, sem contudo correrem qualquer perigo de vida.

Já a responsável do Instituto Nacional da Criança (INAC) no Cuanza Norte condenou a atitude dos pais que abandonam os filhos a sua própria sorte, como uma violação flagrante dos Direitos Fundamentais dos Menores passível de responsabilidade civil e criminal.