Angop - Agência de Notícias Angola Press

Primeira-dama avalia campanha "Nascer Livre para Brilhar"

10 Junho de 2019 | 10h58 - Saúde

Ondjiva - A Primeira-Dama da República de Angola, Ana Dias Lourenço, está desde hoje (segunda-feira), na cidade de Ondjiva, província do Cunene, para durante dois dias avaliar os avanços da campanha "Nascer Livre para Brilhar", que visa eliminar a transmissão do VIH de mãe para o filho.

  • Primeira-dama da República de Angola, Ana Dias Lourenço

A campanha decorre a nível nacional, foi lançada em Dezembro de 2018, e tem como meta a redução da taxa de transmissão do VIH de mãe para o filho de 26 por cento em 2019 para 14 por cento até 2021.

Ana Dias Lourenço manteve já um encontro de cortesia com o governador local, Vigilio Tyova, devendo de seguida deslocar-se para o município de Ombadja, onde vai visitar o hospital municipal, inteirando-se dos serviços integrado de saúde sexual e reprodutiva e do centro de aconselhamento e testagem voluntária do VIH/Sida.

Segundo o programa de visita que à Angop teve acesso, consta também deslocação ao município de Namacunde, entrega de bens alimentares ao governo do Cunene no quadro seca que assola à província e visita ao hospital geral de Ondjiva, onde será informada dos avanços do programa de corte de transmissão vertical.

Dados dos serviços de Saúde no Cunene indicam que de Janeiro a Abril deste ano, 108 bebés de mães seropositivas nasceram livre do VIH/Sida, na maternidade do hospital geral de Ondjiva, menos 36 em relação a igual período anterior.

 A primeira-dama da República, Ana Dias Lourenço, tem o seu regresso a Luanda, previsto para a tarde de terça-feira.