Angop - Agência de Notícias Angola Press

Hospital do Cuanhama apetrechado este ano - Ministra da Saúde

11 Fevereiro de 2019 | 11h56 - Saúde

Ondjiva - O Hospital Municipal do Cuanhama, na província do Cunene, cuja obra terminou em 2014, será apetrechado este ano, anunciou domingo, em Ondjiva, a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

O hospital, erguido na zona de Ekuma, arredores de Ondjiva, figura de um pacote de oito unidades sanitárias construídas no país, que vão beneficiar até o primeiro trimestre de 2019 de equipamentos técnicos e mobiliário, explicou a governante, que falava no final da sua visita de dois dias ao Cunene.

O Hospital Municipal do Cuanhama, com 70 leitos, terá serviços de saúde primária, cirurgia, bloco operatório, raio X, ecografia e tomografia facial computorizada.

Sílvia Lutucuta sublinhou que o financiamento para o efeito está garantido através da linha de crédito da República Popular  da China, sendo que ainda este mês técnicos do ministério vão para este país asiático para fazer o levantamento dos equipamentos.

A ministra informou que os oitos hospitais, com realce ao do Cunene, foram concluídos há mais de cinco anos e por questões financeiras não foram apetrechados.

A par disso, Sílvia Lutucuta frisou que está em carteira para este ano a aquisição de equipamentos modernos para laboratórios do Hospital Geral de Ondjiva e dos municipios de Namacunde e Ombadja.

"Outra preocupação do sector diagnosticada na província do Cunene, está ligada ao serviço de hematológia e radiologia, inoperantes em cinco dos seis municípios que compõe a província", disse a governante.

Durante a sua estadia no Cunene, a ministra da Saúde inteirou-se do funcionamento do Hospital Geral de Ondjiva, centro médico de Santa Clara, Hospital Municipal de Ombadja, Hospital da Missão Católica do Chiulo e do Depósito Provincial de Medicamentos.