Angop - Agência de Notícias Angola Press

Angola candidata-se à francofonia

16 Maio de 2019 | 00h46 - Política

Paris (Do Enviado Especial) - O Executivo angolano oficializou, quarta-feira, na cidade de Paris, França, a sua candidatura a membro observador da Organização Internacional da Francofonia (OIF).

O documento foi entregue pelo ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, à directora geral da OIF, Louise Mushikiwabo, na ocasião, o chefe da diplomacia angolana afirmou que o acto marca a materialização de um desejo expresso publicamente pelo Presidente da Republica, João Lourenço. 

Esta intenção, prosseguiu o ministro, baseia-se no facto de que Angola possui relações privilegiadas com países francófonos, além de permitir reforçar a integração com os vizinhos, e particular, a comunidade francófona, no geral.

Essa medida, ressaltou, tem também o objectivo estratégico da inserção de Angola no concerto das nações.

O ministro angolano está em França desde a manhã de quarta-feira (16) a convite do seu homólogo francês, Jean-Yves Le Drian, com quem deverá analisar as relações bilaterais entre os dois estados, bem como questões da actualidade internacional.

As relações diplomáticas entre ambos os países foram estabelecidas em Fevereiro de 1976, depois da França ter reconhecido a independência de Angola, proclamada a 11 de Novembro de 1975, mas só em 1982 foram criadas as bases para o reforço da cooperação bilateral, com a assinatura do Acordo Geral de Cooperação.