Angop - Agência de Notícias Angola Press

Ministro Manuel Augusto rende homenagem a George H. Bush

06 Dezembro de 2018 | 18h32 - Política

Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, rendeu, nesta quinta-feira, homenagem ao ex-presidente dos Estados Unidos da América, George H. Bush, falecido sexta-feira (30), aos 94 anos.

  • Ministro Manuel Augusto assina livro de condolências em tributo a George H. Bush
  • Ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto
  • Embaixadora dos EUA em Angola, Nina Maria Fite
  • Ministro Manuel Augusto (à esq.) com a embaixadora dos EUA em Angola, Nina Maria Fite

Na Embaixada dos Estados Unidos, em Angola, Manuel Augusto assinou, em nome do Estado angolano, o livro de condolências aberto em tributo ao 41º Presidente norte-americano.

"Teve o privilégio de consolidar e reforçar a paz internacional no pôs Guerra Fria", afirmou o ministro Manuel Augusto à imprensa, numa referência ao Presidente que esteve na chefia do Estado americano entre 1989 e 1993.

Relativamente a Angola, o antigo Presidente George H. Bush destacou-se no processo que culminou com o reconhecimento do país pela administração americana, no mandato do presidente Bill Clinton.

"Endereçamos sinceras condolências ao Governo e ao povo americano", afirmou o ministro das Relações Exteriores, que esteve acompanhado da embaixadora norte-americana em Angola, Nina Maria Fite.

A diplomata considerou George H. Bush uma pessoa muito querida pelo povo americano e que, apesar do seu falecimento, torna-se importante celebrar tudo o que deu à Nação norte-americana.

Bush pai, como também é conhecido, foi quem decidiu mandar tropas americanas ao Iraque para a Guerra do Golfo, depois que as forças de Saddam Hussein invadiram o Kuwait.