Angop - Agência de Notícias Angola Press

Presidente da República aborda cooperação com embaixadoras de Cuba e dos Estados Unidos

12 Outubro de 2017 | 14h41 - Política

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, recebeu em audiências separadas, hoje (quinta-feira, no Palácio Presidencial, as embaixadoras de Cuba e dos Estados Unidos da América, Gisela Rivera e Helena La Lime, respectivamente.

  • Presidente da República, João Lourenço, recebe em audiência embaixadora de Cuba em Angola
  • Presidente da República, João Lourenço, recebe em audiência embaixadora dos Estados Unidos da América, Helen La Lime
  • Embaixadora de Cuba em Angola, Gisela Rivera
  • Embaixadora dos Estados Unidos da America em Angola, Helen La Lime

Com as embaixadores, em fim de missão diplomática no país, o Chefe de Estado angolano abordou aspectos ligados a cooperação, com realce para os domínios político, económico, social e diplomático.

Abordada pela imprensa, no final do encontro, a embaixadora Gisela Rivera reconheceu os laços fortes, históricos e profundos existentes nas relações de cooperação entre Angola e Cuba, em todos os sectores.

A diplomata cubana precisou que, do ponto de vista social, Cuba é um dos mais importantes parceiros de Angola.

Aproveitou a ocasião para agradecer, ao Presidente da República, o apoio prestado pelo governo angolano durante a sua missão.


Angola e Cuba mantém laços de cooperação e de amizade de longos anos, que tem incidência maior nas áreas da cultura, saúde, educação, hotelaria e turismo e pescas, nas vertentes de formação de quadros e da assistência técnica.


Por sua parte, a embaixadora dos Estados Unidos, Helena La Lime, informou que passou em revista, com o estadista angolano, aspectos ligados a cooperação e a parceria que o seu país tem com Angola, bem como os programas importantes da liderança regional angolana.


Disse que existe um certo interesse, da parte dos Estados Unidos, em reforçar a relação de cooperação com o governo angolano e, por este facto, defende uma maior presença em Angola de empresários norte-americanos  ligados ao sector privado.


As áreas da saúde, agricultura, diplomacia, finanças, desminagem, defesa e segurança são as privilegiadas nas relações de cooperação entre Angola e Estados Unidos.