Angop - Agência de Notícias Angola Press

Aberta campanha nacional de registo eleitoral nas universidades

20 Março de 2017 | 14h08 - Política

Luanda - A campanha nacional de registo eleitoral para docentes e discentes das instituições de ensino superior publicas e privadas foi aberta nesta segunda-feira, em Luanda, pelo ministro da Juventude e Desportos, Albino da Conceição José.

  • Mesa de presidium na abertura do programa Nacional do Registo Eleitoral nas universidades
  • Aureirá Beatriz Manuel, Estudante Universitária
  • Jofre dos Santos, Presidente da Associação de estudantes das Universidades Privadas
  • Mário Pinto de Andrade, Reitor da Universidade Lusíadas
  • Participantes na Cerimónia de abertura do programa Nacional do Registo Eleitoral nas universidades


A campanha cuja abertura decorreu na Universidade Lusíadas se prolongará até sábado (25), e prevê registar mais de 200 mil estudantes em todo o país.

Albino da Conceição disse que esta campanha vai marcar uma etapa crucial na mobilização dos docentes e discentes que até ao momento  não efectuaram o seu registo para dirigirem-se as brigadas montadas junto das universidades  no sentido de exercerem o direito ao voto nas eleições de 2017.
 

Explicou que a mesma tem como missão incentivar mais uma vez os jovens universitários independentemente da sua afiliação partidária, princípios ideológicos e religiosos  para adesão ao registo eleitoral.


” Somos todos angolanos e a pátria está acima de qualquer interesse”,  frisou o ministro.
 

Na ocasião o reitor da Universidade Lusíada de Angola , Mário Pinto de Andrade, explicou que este processo só irá decorrer bem se todos os cidadãos com capacidade eleitoral se registarem conforme está estabelecido na lei.
 

Apelou a todos estudantes a dirigirem-se ao posto de brigada  montada na Universidade no sentido de exercerem o seu dever de  cidadania.
 

 Já o presidente da Associação dos Estudantes das Universidades Privadas de Angola, Jofre dos Santos, sublinhou que o acto tem como iniciativa habilitar os estudantes  e professores das instituições  para o registo  eleitoral .
 

Disse  que durante as matricular foram informados que  muitos dos estudantes ainda não fizeram o registo nem actualização, dai o papel da associação de promover a  participação dos estudantes dentro daquilo que são os seus deveres cívicos.
 

Em declarações à imprensa logo após de efectuar o seu registo  eleitoral a  estudante Áurea  Beatriz Manuel disse que fez o registo para que nas eleições possa  escolher os futuros dirigentes do país.