Angop - Agência de Notícias Angola Press

Grupos carnavalescos manifestam satisfação

13 Fevereiro de 2018 | 14h50 - Lazer e Cultura

Moçamedes- Onze grupos carnavalescos, entre eles, quatro da classe infantil, estão preparados para o desfile que acontece na Marginal de Moçamedes.

Em declarações a Angop, o porta-voz do grupo carnavalesco, Forte Santa Rita, detentor do título, Fernando Paixão, disse que apesar deste ano o Carnaval ser apenas de rua, os foliões estão equipados para mostrarem mais uma vez aquilo que é a cultura nacional e a desta região em particular.

“ Somos um grupo forte e com o lema “ Ganhar ou Perder Santa-Rita é perigoso” e vamos este ano na marginal dançar o Carnaval como sempre com aquela, força e garra, pois o fundamental é estarmos unidos, solidários e com paz e união festejarmos esta maior manifestação cultural”, disse.

Na Marginal este grupo leva como o lema aspetos ligados a reconstrução do pais nos vários domínios da vida económica e social.

Para Júlio Lutwuima da Conceição, comandante do grupo carnavalescos Espirito Santo, com estilo de dança semba, leva a pista da marginal, os valores morais e cívicos, hábitos que segundo  a sociedade vai perdendo e que é necessário resgata-lo, sobretudo no seio da juventude.

Maria Juliana, representante do grupo infantil Escola Pioneiro Zeca, afirmou que nesta edição os foliões vão mais uma vez demonstrar aquilo que foram preparando ao longo deste tempo.

A abertuura esteve a cargo do bloco de animação Deolinda Rodrigues.