Angop - Agência de Notícias Angola Press

Docente sugere envolvimento das escolas na questão da violência

11 Outubro de 2018 | 12h41 - Educação

Luanda - O professor universitário Laurindo Viagem instou as instituições de ensino a tomar o problema da violência nas escolas como uma questão académica, por ser o local onde os alunos passam grande parte do seu tempo.

  • Sala de aulas (arquivo)

Laurindo Viagem fez esta sugestão durante uma abordagem sobre Factores de Violência nas Escolas: Propostas e Estratégias de Intervenção, na primeira Jornada Técnica Cientifica da direcção municipal da educação do Kilamba Kiaxi.

De acordo com o docente, as escolas, por serem um espaço de mudança e onde os alunos passam grande parte do tempo, devem estar envolvidas nesta questão e pode dar as ferramentas estratégicas aos professores para a resolver a questão da violência.

Para o docente, os professores não devem considerar o assunto como uma questão da sociedade e se limitar a expulsar o aluno mal comportado.

A escola, continuou, deve aprender a fazer o diagnóstico das causas que levam a criança ou adolescente se comportar mal, procurar saber em que ambiente ele vive e envolver nesta questão as famílias ou outras entidades que podem ajudar, como os psicólogos e educadores sociais.

Recomendou que os docentes empenhados na causa devem ser bem renumerados, sentir-se compensados e estimulados pelo trabalho. Em outros países, observou, onde a educação esta bem desenvolvida, o professor passa o dia na escola e se dedica aos alunos e à família para aconselhar e orientar.

Lembrou que o professor quando não for bem renumerado busca outras alternativas de vida e não tem tempo para se dedicar aos alunos.

O docente, da universidade Católica, considerou que o Estado também deve ser chamado nesta causa porque existem questões estruturais de ordem económica que as escolas não conseguem resolver.

A escola e o Estado têm que pensar que existe um problema que deve ser abordado com inteligência e estratégia para ser ultrapassado.

Em relação as causa da violência nas escolas apontou múltiplos factores como perturbações mentais, desestruturação e desorganização familiar, falta de vinculo afectivo e a aprendizagem e a pobreza.

Explicou que muitas vezes a pessoa aprende a ser violenta observando a violência.

Laurindo Viagem referiu que estudos no mundo apontam que crianças submetidas a ambientes violentos tendem a reproduzir o que vivenciam.