Angop - Agência de Notícias Angola Press

Balança comercial Angola/EAU nos 1.900 milhões de dólares

11 Junho de 2020 | 21h49 - Economia

Luanda -A balança comercial entre Angola e os Emiratos Arabes Unidos (EAU está cifrada em 1.900 milhões de dólares norte-americanos, em volume de exportações e importações.

O referido volume de exportações e  importações, que teve inicio em 2004,   altura que foram lançadas as trocas comerciais entre os dois países, se traduz  em materiais diversos e de matéria prima (pedras preciosas, diamante, petróleo e outros artigos).

Em declarações à Angop, o presidente da Câmara do Comércio Angola/Emirados Árabes Unidos, Bráulio Martins, referiu que Angola  importou dos EAU  veículos, máquinas, plásticos e outros equipamentos e materiais diversos, no valor aproximado de 402 milhões de dólares americanos.

Falando a propósito do fórum de negócios Angola/Dubai, que decorreu via webinar nesta quinta- feira,   informou que os angolanos exportaram para os EAU, além dos diamantes, peixe, crustáceos, madeira, combustível.

 Os EAU tem interesse em investir no ramo da logística de transportes, a nível das infra-estruturas, agro-negócios, agricultura, fabrico de máquinas, petróleo e gás, entre outros.

Neste encontro, Omar Khan, director dos Escritórios Internacionais da Câmara do Comércio e Indústria do Dubai,  considerou  Angola como um fórum global de oportunidades de negócios.

Segundo Omar Khan, o Dubai pretende entrar em África por intermédio de Angola.

As áreas de diamantes, metais preciosos, comércio geral, tecnologia, inovação, empreendimentos são as áreas que têm sido o foco para o Dubai.

O evento, que atraiu interesse internacional,  teve mais de 300 participantes de Angola, EUA e de outros países de África, tais como da África do Sul, Namíbia, Nigéria, da Europa (Portugal, França), da Ásia (China e Hong Kong), da América (Brasil e Estados Unidos).

Trata-se de  uma organização da Zona Económica Especial (ZEE) Luanda-Bengo e da sua congénere do Dubai, a Dubai Multi-Commodities Center (DMCC), tendo contado com o apoio da AIPEX, da Câmara de Comércio Angola-Emirados Árabes Unidos (EAU) e da Dubai Chamber.