Angop - Agência de Notícias Angola Press

Ministro quer mais acção para Angola subir 15 posições no Doing Business

13 Fevereiro de 2020 | 18h09 - Economia

Luanda - O País precisa de uma acção muito mais enérgica para subir 15 posições no indicador Doing Business, com base nas metas estabelecidas no Plano de Desenvolvimento Nacional, declarou nesta quinta-feira, em Luanda, o ministro da Economia e Planeamento, Sérgio Santos.

Ao falar na abertura de um seminário sobre “Doing Business 2020” e a Melhoria de Negócios, em Angola”, Sérgio Santos sublinhou que da parte do titular do Poder Executivo há já uma posição inequívoca da necessidade de melhorar a avaliação da  performance do país”.

“Para terem uma ideia do grau de compromisso no tema do regime das insolvências e recuperação de empresas, o Titular do Poder Executivo decidiu fazer uma reunião extraordinária do Conselho de Ministros ao sábado, para o diploma passar, “tudo porque entre nós não nos entendemos, muitas querelas jurídicas, e doutra natureza, discussões que as vezes poderíamos ter tido, não temos”, salientou.   

Sérgio Santos realça a parceria existente desde 2017 com o Banco Mundial, para Angola melhorar as posições no “Doing Business”, apesar de ter tido experiências positivas, por ter avançado algumas posições nos indicadores, mas também experiências negativas como o revés que houve no indicador do ano de 2019 como o Doing Business 2020.

Angola desceu 4 lugares no ranking global, passando da posição 173 para 177ª, num universo de 190 países analisados pelo Banco Mundial.

O governante lembrou que estiveram em Washington, no escritório onde o relatório é preparado, para pedir ajuda do BM que já respondeu positivamente, com técnicos que vão ajudar a perceber em que medida Angola pode superar as suas dificuldades para subir muito mais nos indicadores.

Apelou aos colegas dos departamentos ministeriais do grupo de reforma, no domínio do Doing Business, a empenharem-se mais para concretização dos planos de acção, que são tão bem elaboradores com o apoio do Banco Mundial.

O seminário sobre “Doing Business 2020” e a Melhoria de Negócios, em Angola”, foi direccionado aos funcionários das entidades governamentais, para as diferentes áreas do Doing Business, aos representantes das principais associações empresariais, bem como aos profissionais liberais que exerçam a actividade de assessoria às empresas.