Angop - Agência de Notícias Angola Press

Governo do Cuanza Norte entrega 40 tractores a empresários

08 Novembro de 2019 | 12h55 - Economia

Camabatela - Quarenta tractores e respectivas alfaias foram entregues hoje a oito empresários, na localidade do Luínga, município de Ambaca, pelo governador da província do Cuanza Norte, Adriano Mendes de Carvalho, a fim de apoiar o sector agrícola na região.

  • Tractores entregues aos camponeses durante a abertura da campanha agrícola

Além dos tractores,entregues no acto da abertura da campanha agrícola 2019/2020 na região, o governador concedeu também 20 charruas aos empresários, visando o fomento da actividade agrícola  e o aumento dos níveis de produção na presente época na província.

Os empresários acederam aos meios agrícolas por via de um concurso público, promovido pelo governo do Cuanza Norte, para a constituição de 40 brigadas a fim de apoiar os camponeses e agricultores da região.

Com a entrega desses meios, o governo da província pretende inverter o quadro anterior de preparação de terras feita maioritariamente de forma manual.

Esclareceu que, na campanha agrícola passada, foram cultivados 46 mil e 232 hectares, dos quais 44 mil e 544 preparados manualmente e apenas mil e 688 de forma mecanizada.Mas para este ano, perspectiva-se o cultivo de cerca de 52 mil hectares de terras, dos quais dois mil mecanizados.

O governo do Cuanza Norte pondera a introdução, na presente campanha agrícola, do sistema de preparação de terras por meio de tracção animal, uma prática muito usada no Sul do país, cujos resultados tem sido animadores, para permitir aos camponeses locais aumentarem, as suas áreas de cultivo.

Segundo o responsável do departamento provincial da Agricultura, Pecuária e Floresta, José Augusto, perspectiva-se na presente campanha agrícola,  a participação de 34 mil, 231 famílias camponesas e 178 agricultores.

Esclareceu que do total destas  famílias 21 mil e 500 serão inseridas no Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural (PEDR), 12 mil e 743 no de Fomento Agrícola, 284 no pacote de reinserção dos ex-militares e outras mil e 500 no programa de combate à fome e à pobreza, implementado pela organização não governamental ADPP.

Informou que a província prevê colher 514 mil e 132 toneladas de produtos diversos, entre as quais 431mil e 300 de mandioca, 38 mil e 872 de milho, 27 mil e 600 de batata-doce e 11 mil e 590 de hortícolas, mil e 770 de amendoim, enquanto o feijão vulgar e frade, bem como a batata rena, entre outros, contarão com safras inferiores a três mil toneladas, cada.

 José Augusto precisou que serão distribuídas, na presente campanha, 30 toneladas de milho para semente, igual quantidades de feijão e 64,8 toneladas de adubos, além de enxadas, catanas, limas entre ouros instrumentos cujas quantidades não especificou.

A actividade contará com o apoio técnico de 29 extensionistas rurais distribuídos nos 10 municípios da província, para a assistência às famílias camponesas.

De igual modo, serão igualmente capacitados cerca de 182 líderes comunitários nos municípios de Cazengo, Cambambe e Lucala.