Angop - Agência de Notícias Angola Press

Zona de Comércio livre vai beneficiar províncias fronteiriças - Joffre Van-Dúnem Júnior

11 Outubro de 2018 | 04h01 - Economia

Luena - O ministro do Comércio, Joffre Van - Dúnem Júnior, afirmou na quarta-feira, no Luena, província do Moxico, que a adesão do país na Zona de Comércio Livre Continental Africana (ZCLCA) em 2019 irá beneficiar economicamente as regiões fronteiriças de Angola.

  • Moxico : Ministro do Comercio, Jofre Van-Dúnem Júnior
  • Moxico : Expositores na Expo Moxico 2018
  • Moxico : Joffre Van-Dúnem Júnior, faz o corte de fita da abertura da primeira edição da Expo Moxico 2018

O ministro, que falava no acto de abertura da primeira edição da Expo Moxico 2018, argumentou que intenção dará oportunidade de negócio em grande escala, a todos empresários de Angola, especialmente, os das províncias fronteiriças, como o Moxico.

Joffre Van - Dúnem lembrou aos presentes que o Governo continua a trabalhar com todas as províncias fronteiriças para aproveitar as oportunidades de negócio, exemplificado a realização da Expo Moxico como um passo para a concretização deste desejo, devido a participação de empresários da Zâmbia e da República Democrática do Congo (RDC).

Elogiou o governo do Moxico, os expositores multissectoriais locais, nacionais e internacionais que expõem, vendem e criam oportunidades de negócio, com vista ao desenvolvimento das suas empresas particulares e colectivas, considerando como um passo que dará maior robustez a economia das regiões.

Na ocasião, o ministro anunciou a emissão no Luena do novo alvará comercial, uma iniciativa que dará melhor e maior credibilidade no comércio local.

Ao dar as boas vindas aos participantes, o governador do Moxico, Gonçalves Muandumba, afirmou que o evento visa promover e estimular o crescimento da província, exibindo a sua capacidade produtiva real e potencial.

Por seu turno, o expositor, Eurico Muenho, estilista de profissão, espera criar parcerias com empresários nacionais e estrageiros com vista a expandir o seu negócio no mundo da moda, tanto no país quer nos países vizinhos (RDCongo, Zâmbia e a África do Sul).

O responsável do Stand do núcleo local da “Infrasat”, Neves Costa, disse que participa na Expo Moxico para dar a conhecer aos feirantes os vários produtos da sua empresa que vão desde a internet de banda larga, telefones via satélites para as áreas com serviços de telefonia móvel.    

A Expo - Moxico, que vai decorrer em três dias sob lema “Futuro hoje”, conta com a participação de mais de 80 expositores, empresários e investidores locais e nacionais, nomeadamente das províncias do corredor do Lobito, Benguela, Huambo e da capital do país (Luanda), bem como das Repúblicas da Zâmbia, África do Sul e Brasil.