Angop - Agência de Notícias Angola Press

Ministra visita unidades indústrias do Cuanza Sul

17 Maio de 2018 | 06h01 - Economia

Luanda - A ministra da Indústria, Bernarda Martins, visita hoje, quinta-feira, algumas unidades fabris da província do Cuanza Sul, no quadro de uma agenda de trabalho que vai culminar no período da tarde com uma reunião com os directores provinciais do sector em todo país.

A governante vai visitar, entre outras fábricas, a empresa de sumos Giasop, a unidade fabril de água de mesa Beba, a cimenteira FCKS, bem como a Super Gesso alto Chingo.

As visitas enquadram-se no âmbito do Conselho Consultivo da Indústria, que se realiza sexta-feira, dia 18, na cidade do Porto Amboim, província do Cuanza Sul.

O acto vai decorrer sob lema: “Aproveitamento e valorização das matérias-primas nacionais para o adensamento das cadeias produtivas”.     

De acordo com o Gabinete de Comunicação Institucional da Indústria, a abertura oficial do encontro, no dia 18, será presidida pelo Ministro de Estado do Desenvolvimento Económico e Social, Manuel Nunes Junior, além de contar com as intervenções dos ministros da Indústria, Bernarda Martins, da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, das Pescas e do Mar, Victória de Barros Neto, dos Recursos Minerais e Petróleo, Pedro Diamantino Azevedo, e da Agricultura, Marcos Nhunga.

O Conselho Consultivo do Ministério da Indústria vai aflorar, entre outros assuntos, temas como “O desenvolvimento das actividades mineiras e petrolíferas e o seu contributo com matérias-primas para o sector secundário (indústrias siderúrgicas, petroquímicas e das rochas ornamentais)".

“O papel do sector das pescas enquanto fornecedor de matérias-primas para a desenvolvimento de uma indústria nacional transformadora de peixe, crustáceos e mariscos” e o “O sector agrícola e a importância das matérias-primas agrícolas para o sector industrial", serão igualmente abordados.

Além de distintos membros do Governo, empresários, profissionais de áreas com interesses no sector industrial, o acto vai contar com quadros seniores do Ministério da Indústria.