Angop - Agência de Notícias Angola Press

Porto vence Taça de Portugal com assinatura africana

01 Agosto de 2020 | 23h53 - Desporto

Luanda - O FC Porto venceu, neste sábado, o Sport Lisboa e Benfica na final da Taça de Portugal, por 2-1, e conquistou o troféu com a assinatura de um africano, o defesa congolês Chancel Mbemba Mangulu.

Nascido em Kinshasa, 25 anos de idade, Mbemba foi ao ataque, fez de ponta-de-lança duas vezes, e bisou no espaço de 12 minutos, de cabeça e de bola parada, contribuíndo para a conquista da 17.ª Taça de Portugal na história da colectividade.

Os "dragões" até ficaram reduzidos a dez homens logo aos 38 minutos, por expulsão de Luis Díaz, mas foi sempre mais forte e na segunda parte chegou ao 2-0.

O Benfica ainda reduziu aos 84 minutos por Vinícius, de grande penalidade, mas insuficiente para impedir a derrota.

Com este título obtido no Estádio de Coimbra, o Porto fez a dobradinha depois da recente conquista da Primeira Liga.

Técnico entra na história das dobradinhas:

Sérgio Conceição junta o seu nome ao de históricos técnicos dos dragões, conseguindo voltar a conquistar os dois principais troféus portugueses na mesma época, algo que não acontecia desde 2010/2011, com Villas-Boas.

Dorival Yustrich (1955/1956), Tomislav Ivic (1987/1988), António Oliveira (1997/1998), José Mourinho (2002/2003), Adriaanse (2005/2006) e Jesualdo Ferreira (2008/2009) foram os outros técnicos a alcançar a ‘dobradinha’ para os dragões.

No entanto, o Benfica continua a ser o clube português com mais dobradinhas (11), Vem depois o Porto (8) e o Sporting (6).

De resto, na Europa, só o Bayern de Munique conquistou mais vezes o campeonato e a Taça na mesma época, com um total de 13, segundo o jornal online “Maisfutebol.iol.pt”..