Angop - Agência de Notícias Angola Press

Girabola2018: Libolo estorva D'Agosto

11 Julho de 2018 | 21h29 - Desporto

Luanda - O 1º de Agosto falhou o retorno à liderança do Girabola2018 ao permitir empate nulo diante do Recreativo do Libolo do Cuanza Sul, na abertura da 23ª jornada, esta tarde, no estádio 11 de Novembro, em Luanda.

  • 1º de Agosto e Libolo empatam no 11 de Novembro

O confronto antecipado devido ao compromisso do 1º de Agosto na liga africana, onde na próxima terça-feira desloca-se ao reduto do Zesco United da Zâmbia, envolveu dois conjuntos bem cotados no ranking nacional, sendo a formação anfitriã (bicampeã) com 11 títulos contra quatro dos forasteiros.

Os militares, que entraram nesta ronda em segundo lugar com 39 pontos, contra 25 do seu opositor em nono, propunham-se vencer para reassumirem a liderança perdida na semana passada para o Petro de Luanda, que folga nesta jornada por desistência do JGM do Huambo.

Aos 33 minutos, Sidney, capitão do Libolo, testou a capacidade do guarda-redes Tony Cabaça, com remate forte, na sequência de um livre cobrado a 21 metros.

Na passagem do 40º minuto, o jogador Jaredi, do Recreativo do Libolo, numa posição privilegiada na área, não teve calma suficiente para inaugurar o marcador.  

Apesar de maior posse de bola, o 1º de Agosto não produziu nenhuma ocasião de golo e o nulo prevaleceu até ao intervalo.

O técnico da equipa militar operou duas substituições, colocando os atacantes Jacques e Guelor, para os lugares dos mais recuados Gogoro e Buá.

Uma falha defensiva de Paizo, quase resultou em golo do Libolo, mas uma intervenção rápida do guarda-redes Tony Cabaça impediu a progressão de Jaredi que tinha tudo a sua mercê para inaugurar o marcador.

Aos 65', o anfitrião viu-se reduzido a dez unidades devido a expulsão de Guelor, por suposta agressão a um adversário.

A formação militar esteve próxima do golo, mas o nigeriano Ibukun não correspondeu bem a um cruzamento de Paizo, aos 78 minutos.

Já no período de compensação, o Libolo perdeu mais uma ocasião de marcar, com Lopes a não conseguir bater o guarda-redes contrário.

Com este empate os campeões nacionais mantêm-se na segunda posição com 40 pontos, os mesmo que o Petro na liderança. O Libolo Está em oitavo com 26.