Angop - Agência de Notícias Angola Press

Angola procura melhoria nos Jogos da Juventude

10 Julho de 2018 | 19h44 - Desporto

Luanda - Com objectivo de melhorar a 13ª posição da edição anterior, Angola efectua uma preparação possível visando os III Jogos Africanos da Juventude, de 18 a 28 deste mês, na Argélia, afirmou nesta terça-feira, em Luanda, o chefe da delegação nacional, Auxilio Jacob.

  • Angola quer fazer melhor nos jogos africanos da juventude

Em antevisão ao evento de Argel, o também presidente da Federação Angolana de Ginástica (FAG) e membro da Comissão Executiva do Comité Olímpico (COA) referiu à Angop que, em função das dificuldades financeiras, as distintas modalidades trabalham de acordo com as condições criadas pelas respectivas federações.

"Por falta de recursos financeiros, o COA teve que reduzir o número de participantes e atribuir a responsabilidade das condições de preparação as próprias federações. Por isso, estão a realizar um trabalho na medida do possível, mas com o principal objectivo de melhorar o 13º lugar obtido no Botswana, em 2014", reiterou.            

No entanto, sem descurar as outras, o dirigente apontou a natação, ginástica, judo, karaté, canoagem, remo e vela, como as disciplinas com maiores possibilidades de medalharem.

O país estará presente nos Jogos Africanos com uma missão composta por 61 membros, dividida em 48 atletas, 11 treinadores, dois médicos, quatro fisioterapeutas, nove dirigentes e um intérprete.

Com partida marcada para o dia 13, via Marrocos, Angola vai evoluir em  natação (5), andebol (12), canoagem (1), ginástica (12), vela (2), ténis de mesa (2), karaté (2), atletismo (2), judo (2) e remo (1).

Organizado pela Associação dos Comités Nacionais Olímpicos Africanos (ACNOA), a primeira edição desta prova continental foi realizada em 2010, no reino de Marrocos.