Angop - Agência de Notícias Angola Press

-

11 Maio de 2001 | 08h55 - África

São Tomé

São Tomé, 11/05 - A juíza Alice Vera Cruz, antiga conselheirado tribunal de justiça, foi quinta-feira eleita presidente do supremotribunal de justiça de São Tome e Príncipe.

Alice Vera Cruz, de 46 anos, sucede a Pascoal Daio eé a primeira mulher a exercer este cargo no arquipélago.

Em eleições no palácio da justiça em São Tomé, VeraCruz recebeu sete votos a favor, enquanto o outro candidato,Bartolomeu Amado, não obteve nenhum voto. Registaram-se doisvotos em branco.

Em declarações a agência Lusa, a presidente eleita doSTJ classificou de "árdua" a tarefa que tem pela frente masdisse que conta com apoio dos seus colegas, no sentido de"dignificar" a justiça são-tomense.

A juíza, que reconheceu o trabalho do seu predecessor, disseque o sector da justiça em São Tomé trabalhará "na base do diálogo,transparência, espírito humanitário e profissionalismo, de acordo coma lei e consciência de cada juiz".

Alice Vera Cruz negou a existência de parcialidadenos tribunais de São Tomé, afirmando que "há 20 anos estesector nunca decide parcialmente ou a mando de alguém".

Admitiu por outro lado que há erros a corrigir,apontando o exemplo do não funcionamento do conselho superiorjudiciário, o que será a sua primeira tarefa na qualidade depresidente do supremo tribunal de justiça são-tomense.

Licenciada em direito no Brasil, Alice Vera Cruzexerceu advocacia em Portugal.